Teoria da Felicidade – Por que as crianças são felizes?

Acho que, para buscarmos a felicidade, temos de aprender com as crianças. Por que são elas tão alegres e risonhas?

É preciso refletir bastante para conseguirmos compreender as crianças. São alegres, divertidas, mas também choronas, briguentas. Na verdade, elas são bastante emocionais, no sentido de não conter nada do que sentem. A grande maioria delas é assim. E não fazem isso de forma deliberada, o fato é que parecem ainda não terem adquirido aquela racionalidade que vamos conquistando a medida em que crescemos, racionalidade essa que opera no sentido de bloquear, quando queremos ou é conveniente, nossas verdadeiras sensações e sentimentos.

A criança não sabe fingir, não sabe esconder seu mundo íntimo. Acho que aí reside toda a diferença. Não sabe dizer “Nossa, que lindo esse presente, adorei!”, quando ganha roupa ao invés de brinquedo. Não respeita o pudor daqueles que não gostam de carinho, abraçando e sorrindo a qualquer um que ela goste. Por isso as crianças correram e se aproximaram de Jesus antes de seus pais. Queriam demonstrar carinho, amor, àquele moço sorridente. Jesus as recebeu com muita alegria. Os pais vieram correndo, aflitos, pensando “Meu Deus, meu filho vai incomodar o Messias” ou “Que desavergonhada, minha menina, vai irritar o Messias”. Jesus, entretanto, disse: “Deixe que elas venham até mim”.

O que significa dizer que a espontaneidade, a transparência dos nossos sentimentos, vai nos fazer chegar até Cristo (o nosso Cristo interno, ou seja, o nosso eu mais belo, sublime  e feliz). As convenções, regras de etiqueta, regras do “certo” e “errado”, “pode” e “não pode”, tem o condão de estabilizar a naturalidade das pessoas. Nós adultos temos receio de não agradar os outros, de estar agindo de forma errada, temos medo de dizer daquilo que gostamos e não gostamos. Quando criança, não éramos assim.

Temos de reaprender a sermos crianças. Claro que, como adultos, as coisas mudam um pouco. As crianças são transparentes porque não sabem ser de outro jeito (a própria estrutura cerebal, ainda fragil e em formação, não deve pertmiri isso). Agora, somos já bem conscientes, e temos de escolher conscientemente essa transparência. Isso não significa que devamos magoar os outros com nossa completa liberdade de ser. Ainda nos será permitido, sempre, a mentira carinhosa, a boa omissão. Além disso, para a nossa própria preservação, devemos, muitas vezes, esconder algumas coisas.

Temos, sim, de estar com a consciência tranquila, fazendo aquilo que nosso coração manda, sabendo que não estamos, assim, agindo de nenhuma forma errada (porque do coração nunca vem nada de ruim). Podem alguns não gostar, podemos ser mal vistos por outros, incompreendidos, mas temos, como as crianças, de ser coerentes conosco próprio. As crianças aproximaram-se de Jesus, sabendo que isso era a coisa certa a ser feita. Devemos ser assim, tão claros nos nossos objetivos e metas, quanto elas.

Perdemos muito quando passamos a refletir em demasia e a querer nos amoldar para sermos aquilo que não somos. Vamos fazendo as pessoas acenarem positivamente com a cabeça, mas desencontrando a nós próprios, nos perdendo de vista. Temos de olhar para dentro de nós, dizer “Isso eu gosto muito” ou “Isso eu não gosto”. Assim, vamos buscando a nós próprios.

Muitas outras coisas podemos aprender com as crianças (como o perdão instantâneo que elas tem, quando por exemplo brigam entre si e segundos depois estão brincando alegres), mas falemos disso depois…

Anúncios

Sobre João

Olá, amigo do outro lado da tela.
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Teoria da Felicidade – Por que as crianças são felizes?

  1. Carla disse:

    Muito boa essa postagem!
    Ficamos pasmos de ver a felicidade das crianças e a infelicidade dos adultos.
    Refletindo bem, é válido tudo isso que você escreveu (:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s