O que penso sobre religião

O que penso sobre religião?

Acho que a coisa é íntima demais.

Há corpos doutrinários interessantes, aqui ou ali.

Particularmente, gosto do Espiritismo.

Mas a religião, no seu sentido mais profundo, independe de rótulos.

Religião é:

– A noção de grandeza – e o sentimento de imensa inferioridade do indivíduo frente ao Universo (sentimento mais facilmente sentido quando encaramos um Céu estrelado, ou quando nos surpreendemos com atos nobres de pessoas que não julgávamos capazes para tanto – sabe, quando levamos uma “porrada” da vida?).

– É tentar atribuir um sentido para tudo, que é aparentemente sem sentido – e não necessariamente conseguir fazê-lo, mas só o fato de pensarmos na possibilidade de haver um sentido, isso já é religião.

– É surpreender-se com os lances da vida. Deixar-se encantar, sentir a generosidade da vida – não com bens ou coisas materiais (também pode ser, mas não naquele sentido tão mesquinho de “pagar o dízimo” e “sair-se bem sucedido num negócio”) – quero dizer sentir a generosidade da Vida, através de coisa simples, de pessoas, de fatos que não barganhamos, simplesmente a Vida nos dá. Como uma flor que vemos, bela, na calçada: generosidade, isso. Ou, para os pais, os filhos.

– É crer na sobrevivência, para além da vida, daqueles que amamos – a Morte e o Amor se enfrentam num embate terrível, dentro de nós, e algum deles tem que vencer o outro (a religião nos ajuda a dar mais força ao Amor).

– É entender que tudo só faz sentido se o que há de mais nobre no homem for valorizado: paz, alegria, fraternidade, esperança, caridade, benevolência, humildade.

Enfim.

Religião vem de religare.

E é isso mesmo: nos ligar, de novo, na Vida – para que não nos sintamo-nos desamparados, nesse mundão de Deus.

Acho um movimento saudável da criatura – embora respeite os ateus e não os entenda inferiores.

Quem somos nós, afinal?

No fim, o Mistério sempre vai haver…

A religião não desvenda o Grande Mistério, que é a própria vida.

Mas nos ajuda muito.

Anúncios

Sobre João

Olá, amigo do outro lado da tela.
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s